Google+ Followers

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Efeitos


E eu que já fui assim
cara cheia
Une convalescente - James Jacques Joseph Tissot
pelo curto
riso largo
desconheço
o instante exato
em que não me vi
no espelho do meu quarto
carro
escarro...
Entre os dedos longos
conto os fios que
com tanto esmero cultivei,
a tesouradas...
Deixa pra lá,
tenho outros mil.
Ombros secos,
olhos secos, 
tosse...
Com meus dedos trêmulos 
sinto sobre a pele todo o meu 
esqueleto despontando
saliente, pontiagudo.
Quando a febre passar
nem vou me lembrar.
Se escrevo este poema
é porque não quero fazer fotos.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário